Conversas fílmicas - Parte 6

Cinema Paradiso



Por José Aurélio Mendes

Como falam palavrão esses italianos. O protagonista, mesmo aos seis anos já sabe pronunciar pelo menos meia dúzia deles com total ênfase e naturalidade. Aliás, a gente fica em dúvida se os palavrões são mesmo ofensas ou se são usados no lugar das vírgulas nas frases. Mas, apesar de cômico, isso não é o mais interessante desse longa metragem estrangeiro. "Cinema Paradiso" é na verdade um filme bonito e que merece todos os elogios. Ele conta a história de um garoto pobre, mas muito inteligente que é fascinado por cinema. Tudo se passa lá pelos anos cinquenta, quando nem existia a TV e as salas de projeção eram a principal novidade no ramo do entretenimento. Totó, como era chamado o garoto, atentava sem piedade o projetista cujo nome agora não me lembro. No começo ele detestava o menino. Mas aos poucos foi cedendo aos encantos da criança, que só queria estar perto dele quando os filmes eram exibidos. O enredo mostra o dia a dia de uma pequena e pobre cidade, com seus moradores ilustres ou não, cuja rotina se identifica em maior ou menor intensidade à de qualquer um de nós. Até o próprio Totó nos retrata de certa forma em nossa inocência enquanto crianças, nas traquinagens, dramas familiares, nas nossas paixões adolescentes, em nossas amizades, oportunidades perdidas e decisões difíceis. Com muita simplicidade e sutileza o diretor nos comove ao mostrar as memórias de um homem que deixou pra trás toda uma vida para cumprir a promessa feita a um amigo que nunca mais o viu. Voltar à cidade natal para enterrar esse amigo, desenterra tais memórias e deixa fluir muita emoção. Gostei muito do filme e recomendo. E, a propósito, o nome do projetista é Alfredo.

Comentários Mayara Vila Boa:
Realmente "Cinema Paradiso" é um filme lindo e que não pode faltar na lista de qualquer cinéfilo. É a história de uma paixão, a paixão pelo cinema, essa arte que empolga e é capaz de arrebatar multidões com seus dramas e personagens. Essa arte que nos faz rir e chorar e que nos expõe a possibilidade de uma outra vida, nem que seja por 120 minutos.
"Cinema Paradiso" tem passagens memoráveis como a do padre do vilarejo assistindo o filme e mandando cortar todas as cenas de beijo por considerá-las indecentes. Tem também a amizade incondicional do pequeno Totó por Alfredo ao salvá-lo do incêndio que destrói o cinema. Isso sem falar na malandragem do menino que, para convencer o projetista a ensinar-lhe o ofício, negocia com ele a cola na prova do mobral.
Esse longa também fala daqueles que saem de sua terra natal e que ao voltar, já não se encontram mais, mesmo com tantos conhecidos (que agora talvez não sejam tão conhecidos assim). Conta a história de pessoas que buscam o sonho em outro lugar e que ao voltar para casa encontram apenas lembranças.

Anote na Agenda (12/02/10)

TEATRO

Édipo
Com Cia. Benedita de Teatro
Horário: 21h
Local:Centro Cultural Martim Cererê.
Endereço: Rua 94-A, Setor Sul
Ingressos: R$10,00 (preço único).

Édipo - do destino não se pode fugir *



Corpos que se entrelaçam, pele, sexo, volúpia, desejo. E o palco pega fogo! Mas se a paixão for demais, se os personagens forem arrebatadas do chão: Água!
De fogo e água é feito o espetáculo “Édipo”, do diretor Hugo Rodas. Uma releitura de “Édipo Rei”, de Sófocles. Em cena, e com ótimas atuações, estão os atores Adriana Veloso e Thiago Benetti, da Cia. Benedita de Teatro.
Só para conhecer a famosa tragédia que conta a história de incesto entre mãe e filho valeria a pena assistir. Mas quem comparece ao teatro ganha mais que uma história bem narrada.
“Édipo” começa com o programa de TV da Esfinge. Essa mesmo, aquela que irá lançar o enigma que abrirá as portas de Tebas para que o herói entre no reino e se case com a rainha viúva. E no show da Esfinge, o finalista é ninguém mais, ninguém menos que o próprio Édipo.
Assim que vence o programa, ele se casa com a rainha Jocasta. Não sem antes surgirem questionamentos como: "Você se casaria com uma mulher bem mais velha que você?", "Você se casaria com um homem bem mais novo que você?"...
"E você, seria capaz de me amar?"
Perguntas que ecoam na platéia sem resposta...
Juntos, Jocasta e Édipo vivem anos felizes. Poemas sussurrados ao ouvido enquanto fazem amor.
Mas como é do destino do casal e do destino não se pode fugir, um dia se descobrem incestuosos. Fogo no palco movido pela paixão e o desejo. Logo depois, água. Água nos sonhos e planos.
E se descobrem, assim, como joguetes na mão de alguém maior. Marionetes nas mãos do destino que brinca com o rei e a rainha de um tabuleiro de xadrez.

* Essa crítica foi escrita em agosto de 2008, quando assisti "Édipo" pela primeira vez com a Cia. Benedita.

Textos e imagens desse blog só podem ser publicados e/ou utilizados em outros locais com autorização da autora.

Anote na Agenda (11/02/10)

TEATRO

In-Descência
Com Cia. Benedita de Teatro
Horário: 21h
Local:Centro Cultural Martim Cererê.
Endereço: Rua 94-A, Setor Sul
Ingressos: R$10,00 (preço único).

Anote na Agenda (10/02/10)

TEATRO

Macário
Com Cia. Oops! de Teatro
Horário: 21h
Local:Centro Cultural Martim Cererê.
Endereço: Rua 94-A, Setor Sul
Ingressos: R$10,00 (preço único).

Projeto artístico “Cererê em Pauta”

A Agência Goiana de Cultura (Agepel) realiza, de 10 a 28 de fevereiro, no seu Centro Cultural Martim Cererê, o projeto “Cererê em Pauta”.

São vários espetáculos de música, teatro e dança, que se revezarão no palco do Centro Cultural Martim Cererê, com ingressos a preços diferenciados e alguns com entrada franca.

A programação tem início quarta-feira, 10 de fevereiro, às 21 horas, com o espetáculo Macário, direção de João Bosco Amaral, com ingressos a R$ 10 (preço único). No elen-co, Oliver Mariano, Sol Silveira, Thamis Rates, Jefferson Angellis e Lino Calaça.

Quinta-feira, 11 de fevereiro, às 21 horas, será a vez de In-Descência, direção de Hu-go Rodas, com Adriana Veloso e Tiago Benetti. Ingressos: R$ 10.

Sexta-feira, 12 de fevereiro, às 21 horas, outro espetáculo dirigido por Hugo Rodas: Édipo, com Adriana Veloso e Tiago Benetti no palco e ingressos a R$ 10.

A música entra em cena, sábado, 13 de fevereiro, às 19 horas, com o show Master of Hate (rock), com: Alexandre Greco, ingressos a R$ 25.

A programação cultural retorna ao Martim Cererê, quarta-feira, 17 de fevereiro, às 21 horas, com reapresentação de Macário, direção de João Bosco Amaral, ingressos a R$ 10.

Quinta-feira, 18 de fevereiro, às 20h30, haverá show com a cantora Larissa Moura, com ingressos a R$ 10.

Nos dias 19 e 20 (sexta-feira e sábado), às 20h30, será apresentado o espetáculo tea-tral Poética Bancária, texto de Léo Pereira, com direção de Delgado Filho. No elenco: Semio Carlos, Jusse Lessa, Clodoaldo Marques e Luiz Agon. Ingressos a R$ 10.

Balé do Estado
Domingo, 21 de fevereiro, a vez será dos Contadores de Histórias do Cerrado, de auto-ria de Barale Neto, com direção de Delgado Filho, ingressos a R$ 5. Com interpretação de Semio Carlos, a trilha sonora original é assinada por Gilson Mundim, com produção musical de Fausto Noleto, Gilson Mundim e Sólon Morais.

O teatro volta ao palco, ainda no domingo, 21, às 20h30, com o espetáculo Dúplice, produção de Marci Dornelas, com interpretação de Rodrigo Cunha e Rodrigo Cruz, in-gressos: R$ 10.
Terça-feira, 23 de fevereiro, às 21h30, será o show Bem de Perto, com Luciana Clíma-co e Sertão, ingressos: R$ 10. O espetáculo se repetirá, na quarta-feira, 24, no mesmo horário e local.

Um momento especialíssimo no palco do Martim Cererê acontecerá quinta-feira, 25 de fevereiro, às 20h30. Será o espetáculo Eu sem você, você sem ninguém, direção de Gisela Vaz, com o Balé do Estado de Goiás. Será entrada franca.
Nos dias 26 e 27 (sexta-feira e sábado), às 21 horas, entrará em cena Balanço, dire-ção de Edson de Oliveira, com interpretação de Bruno Peixoto e produção de Cárita Pi-nheiro. Ingressos: R$ 10.

O programa cultural da Agência Goiana de Cultura fechará em grande estilo, com con-certo da Orquestra de Câmara Goyazes, domingo, 28 de fevereiro, às 11 horas, sob a regência do maestro Eliseu Ferreira, tendo como spalla Cindy Folly Faria. A entrada se-rá franca.

No mesmo dia, às 17 horas, reapresentação de Contadores de Histórias do Cerrado, ingressos a R$ 5.

Contato: Gerência. de Difusão Artística – (62) 3201-5110/ 3201-5111.


Serviço:
Evento: “Cererê em Pauta”, programa cultural da Agepel
Data: De 10 a 28 de fevereiro de 2010
Horário: Variado
Local: Centro Cultural Martim Cererê
Ingresso: Variado e entrada franca

Texto: Assessoria de imprensa Agepel

Anote na Agenda (09/02/10)

DANÇA

Dom Quixote
Com Escola Bolshoi no Brasil
Horário: 21h
Local:Teatro-Escolado Centro de Educação Profissional em Artes Basileu França.
Endereço: Av. Universitária, nº 1750, Setor Universitário
Ingressos: R$ 300,00
Informações: 3201-9400

CINEMA

Inscrições para cursos de arte

A Escola de Artes Visuais está com inscrições abertas até o dia 19 para os cursos de desenho, pintura e grafite. Também são oferecidas as oficinas de criatividade e de bonecos.
Podem participar do curso de desenho básico e avançado com o professor Luiz Mauro de Deus e pintura com Alexandre Liah pessoas a partir de 15 anos. Jovens a partir dos 11 podem fazer grafite com o professor Edney Antunes.
Crianças entre sete e dez anos podem se inscrever na oficina de criatividade, ministrada pela professora Camila Vale, além de oficina de bonecos com o professor Sérgio Renato.
As aulas começam no próximo dia 22 na sede da Escola de Artes Visuais (Rua 4, nº 515, Ed. Parthenon Center).

Informações: 3201-4682

Escola de Circo da Agepel abre inscrições



A Agência Goiana de Cultura (Agepel) está com inscrições abertas, de 2 a 24 de fevereiro, das 10 às 18 horas, em sua Escola de Circo (Centro Cultural Martim Cererê) para cursos de trapézio, tecido acrobático e tecido marinho, lira e números de solo.
Será feita uma audição de nivelamento das turmas nos dias 25 e 26 de fevereiro, das 14 às 18 horas.
As aulas terão início em 2 de março, das 19 às 22 horas.
A matrícula, bem como a mensalidade, custará R$ 10 e os cursos terão duração de um ano.
Para matrícula serão necessários documentos pessoais (cópias): RG e CPF e comprovante de endereço e atestado médico.
As aulas serão ministradas pelos professores Marcelo Marques e Luana Barreto, tendo Débora di Sá como monitora.


Serviço:

Evento: Inscrições para cursos, com duração de um ano
Data: De 2 a 24 de fevereiro de 2010
Horário: Das 10 às 18 horas
Local: Escola de Circo da Agepel – Centro Cultural Martim Cererê
(Rua 94-A – Setor Sul – Goiânia – GO).

Notícia: AGEPEL

    Quem vos escreve

    Minha foto
    Goiânia, Goiás, Brazil
    Jornalista por formação, especialista em Filosofia da Arte. Trabalho em TV, mas sempre ligada ao Jornalismo Cultural, com ênfase em Teatro e Cinema.

    Seguidores