Lopes, o homem comum e os fios do destino



No dia do aniversário, Lopes tem uma única missão: entregar uma carta à Maria Moreno. Algo comum para um carteiro, se não fosse a estranha sensação de conhecer aquela pessoa e a impossibilidade de achar o endereço. O mais esquisito para Lopes é que aquele bairro é conhecido, aliás, muito conhecido, já que é onde cresceu.
E é no trajeto que o carteiro vai reencontrando as pessoas que fizeram parte de sua infância e adolescência. Ele encontra os amigos do futebol, o ceguinho que dá informações, os velhinhos apaixonado, o casal na gafieira, a mulher apaixonada. Enfim, tudo faz parte de uma viagem ao passado, que talvez ajude a ligar os pontos do presente.
E falando em pontos, eu me lembro de fios. E em dado momento do espetáculo, que é de bonecos, Lopes começa a se questionar. Ele sente que está sendo manipulado. Sente que há algo que o move, como se tivesse preso a fios que o dirigem em suas ações. Irônico não? Como se os manipuladores fossem uma espécie de Deus e apenas eles sabem para onde o carteiro marcha, são os donos da história e Lopes nada pode fazer para escapar de seu destino trágico.
Mas essas coisas de destino a gente guarda para o fim. E seja na vida real, acreditando que somos regidos por uma força superior, na tragédia antiga “pré-vista” pelo oráculo como em Édipo Rei ou na história de Lopes, não há nada que vá mudar aquilo para onde caminhamos. O carteiro Lopes é mais um homem comum, como eu e você, que vive, ama, trabalha. E que marcha resignadamente para o seu único e já traçado fim.
A história do carteiro é contada no espetáculo de bonecos “Envelopes”, da Cia. de Teatro Nu Escuro, com direção de Izabela Nascente. Tem como manipuladores os atores Abílio Carrascal, Adriana Brito, Hélio Fróes, Izabela Nascente, Lázaro Tuim e Marcos Marrom. E vale a pena ver!

Textos e imagens desse blog só podem ser publicados e/ou utilizados em outros locais com autorização da autora.

Foto: Rubens Cerqueira
1 Response
  1. Oi Mayara! Bonito texto!!!
    Vou Reproduzi-lo no blog da nu escuro, ok?


    Quem vos escreve

    Minha foto
    Goiânia, Goiás, Brazil
    Jornalista por formação, especialista em Filosofia da Arte. Trabalho em TV, mas sempre ligada ao Jornalismo Cultural, com ênfase em Teatro e Cinema.

    Seguidores